Programas Sociais

Benefícios do INSS têm reajuste de até 10,16% em 2022. Veja

Anúncios

Além do reajuste, valor do teto também foi alterado.

Confira todas as informações na matéria abaixo.

Benefícios do INSS terão reajuste e alteração no teto salarial.

As alterações foram publicadas no Diário Oficial da União do dia 20 de janeiro de 2022.

De acordo com a legislação, o índice utilizado para reajustar o benefício de quem ganha mais do que um salário mínimo é oi INPC, com base no ano anterior.

Já para quem recebe um salário mínimo como benefício (64% do total de beneficiários), o reajuste é feito de acordo com o salário mínimo.

Salário mínimo de 2022 foi reajustado para R$ 1.212

O valor do salário mínimo nacional para 2022 foi definido em R$ 1.212,00. Lembrando que em 2021 o salário mínimo nacional era de R$ 1.100,00.

Ou seja, o valor desse ano é quase 11% maior do que o praticado no ano passado. Contudo, as previsões econômicas do Ministério da Economia e do IBGE sobre a inflação trazem uma notícia não muito boa para os brasileiros.

Com a alta acumulada dos preços, o aumento do salário mínimo nacional se dará apenas nos números, pois não representará aumento real no consumo dos cidadãos.

Como ficam os benefícios do INSS em 2022

Com o reajuste de 10,16%, ficam assim os valores dos benefícios do INSS em 2022:

  • Quem ganhava R$ 1.100,00 em 2021: R$ 1.212,00;
  • Quem ganhava R$ 1.500,00 em 2021: R$ 1.652,00;
  • Quem ganhava R$ 2.000,00 em 2021: R$ 2.203,00;
  • Quem ganhava R$ 3.000,00 em 2021: R$ 3.304,00;
  • Quem ganhava R$ 4.000,00 em 2021: R$ 4.406,00;
  • Quem ganhava R$ 5.000,00 em 2021: R$ 5.508,00;
  • Quem ganhava R$ 6.000,00 em 2021: R$ 6.609,00;
  • Quem ganhava R$ 6.433,00 em 2021: R$ 7.087,00.
Benefícios do INSS terão reajuste de até 10,16% em 2022.

Lembrando que o teto salarial em 2022 foi fixado em R$ 7.807,00.

Como fica o reajuste para quem começou a receber o benefício em 2021

O reajuste de 10,16% será válido para aqueles que já recebiam o benefício em 2021.

Para aqueles que começaram a receber o benefício ao longo de 2021, o reajuste será diferente, ficando da seguinte forma:

  • Até janeiro/21: 10,16% de reajuste;
  • Fevereiro/21: 9,86% de reajuste;
  • Março/21: 8,97% de reajuste;
  • Abril/21: 8,04% de reajuste;
  • Maio/21: 7,63% de reajuste;
  • Junho/21: 6,61% de reajuste;
  • Julho/21: 5,97% de reajuste;
  • Agosto/21: 4,90% de reajuste;
  • Setembro/21: 3,99% de reajuste;
  • Outubro/21: 2,75% de reajuste;
  • Novembro/21: 1,58% de reajuste;
  • Dezembro/21: 0,73% de reajuste.
Número de famílias chefiadas por aposentados e pensionistas cresceu durante a crise econômica.

Lembrando que em 2021, o reajuste foi de 5,45% para beneficiários que recebiam acima do mínimo e 5,26% para aqueles que recebiam um salário mínimo.

Em Alta

content

Envie seu currículo: vagas de emprego Marisa

Conheça o passo a passo para concorrer a uma das vagas de emprego marisa e não perca a chance de garantir seu emprego. Saiba mais!

Continue lendo
content

Como ser motorista LadyDriver

Conheça a chance de ser uma motorista Ladydriver e aproveite para fazer sua renda extra com um trabalho flexível. Saiba como fazer!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Seja entregador do Mercado Livre a ganhe até R$240 por dia – Veja como se cadastrar

Conheça o passo a passo completo para se cadastrar em uma das vagas como entregador Mercado Livre. Ganhe até R$240/dia.

Continue lendo
content

Conheça as oportunidades de vagas na Indeed

Conheça a Indeed e veja como funciona as oportunidades de emprego nessa plataforma online. Veja tudo agora mesmo!

Continue lendo